Bicicletas públicas de Torres Vedras galardoadas com Energy Globe Award

É o qu`eu digo...

Bons exemplos…

foto  |  agostinhas

O sistema de bicicletas públicas da cidade de Torres Vedras foi o vencedor nacional do prémio “Energy Globe Award” deste ano, anunciaram a organização do prémio e o município, que hoje recebe em Lisboa o galardão.

Em dois anos, as bicicletas já percorreram quase 94 mil quilómetros, evitando a emissão de 14 toneladas de dióxido de carbono para a atmosfera, informou o município.

Integradas no projeto de mobilidade da cidade, as bicicletas oferecem aos cidadãos uma nova solução de transporte, com benefícios ambientais, sociais e económicos. A autarquia quer incentivar a mobilidade sustentável para que as pessoas se possam deslocar de bicicleta e reduzir o uso do automóvel.

As bicicletas públicas, denominadas “Agostinhas” em homenagem ao ciclista Joaquim Agostinho, natural do concelho, foram implementadas em 2013. Dois anos depois, o projeto já possui mais de 1.400 utilizadores.

O sistema integra 30 bicicletas elétricas e 260 convencionais, mas só cerca de metade estão disponíveis pelas 14 estações dispersas por várias zonas da cidade, nomeadamente escolas, parque verde, Expotorres e centro comercial.

A medida insere-se no Plano da Rede de Ciclovias Urbanas da autarquia, que prevê um investimento de 200 mil euros na construção de seis novas ciclovias na cidade, além das existentes.

A promoção do uso da bicicleta e outros meios de transporte sustentáveis e não poluentes está prevista na Agenda 21 local.

O Energy Globe Award conta com mais de 170 países participantes e mais de 1.500 inscrições de projetos por ano.

O galardão, que a nível internacional foi este ano atribuído à Nicarágua, distingue projetos regionais, nacionais e globais que preservem os recursos, como a energia, ou utilizem fontes renováveis ou fontes isentas de emissões, com o objetivo de consciencializar para soluções ambientais sustentáveis.

artigo  |  Sónia Santos Dias in SAPOLIFESTYLE

Anúncios

3 thoughts on “Bicicletas públicas de Torres Vedras galardoadas com Energy Globe Award

  1. O problema do uso de bicicletas urbanas é a falta de respeito de uma grande parte dos automobilistas por estes. Quantas buzinadelas já levei por apenas circular na berma, ou fui mesmo apertado por carros, a falta de civismo deste país ainda é grave…

  2. Concordo plenamente… eu já fui, literalmente, esmurrado por uma ambulância!!!
    Já sei que estás a pensar “Tiveste sorte que tinhas logo ali os bombeiros”… mas não, nem pararam…

    Mas nós que também somos automobilistas sabemos que é sempre uma questão de perspectiva… quando se trata de camiões TIR, camiões da recolha de lixo, autocarros ou máquinas escavadoras dá sempre para aguentar a ultrapassagem uns Kms, quando é um caramelo de bicicleta é logo buzinadela e um “chega para lá”.

  3. Eu sinto-me uma bicicleta quando apanho esses pesados na estrada, que acham sempre que tem toda a prioridade e que o código da estrada não se aplica a eles…

    Por acaso tento ter o máximo de respeito pelo ciclistas, não posso dizer o mesmo das motas que circulam a 40k/h no meio da via…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s