“Arranca ecovia que vai ligar Esposende, Barcelos, Braga, Vila Verde, Amares e Terras de Bouro”

Informativo

“Com o lançamento da primeira pedra do troço Fão – Fonte Boa, o Município de Esposende deu, hoje, o pontapé de saída da Ecovia do Cávado Homem, que vai ligar a cidade da foz do Cávado a Terras de Bouro, numa extensão de 75 quilómetros.

A infraestrutura, um projecto intermunicipal que envolve os municípios da Comunidade Intermunicipal do Cávado – Esposende, Barcelos, Braga, Vila Verde, Amares e Terras de Bouro, ligará duas importantes áreas protegidas – o Parque Natural do Litoral Norte e o Parque Nacional Peneda Gerês, sempre ao longo das margens dos rios Cávado e Homem, proporcionando a sua valorização paisagística e ambiental, potenciando este território em termos turísticos.

No que respeita ao concelho de Esposende, a Ecovia terá uma extensão total de 7 quilómetros.

Na sessão de lançamento da primeira pedra do troço que atravessa o concelho, queocorreu esta manhã, em Fonte Boa, o Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, assinalou a importância da Ecovia do Cávado Homem, dizendo que é “uma infraestrutura importantíssima” para toda a região, quer do ponto de vista da mobilidade quer do da atratividade do território, constituindo-se como “impulsionadora e fomentadora do desenvolvimento” dos municípios abrangidos. O Autarca notou que esta Ecovia vai interligar com a Ecovia do Litoral, permitindo a mobilidade suave entre os municípios do Cávado e do litoral, ao longo de “150 quilómetros de percursos de beleza única”.

O troço que atravessa o concelho, entre Fão e Fonte Boa, representa um investimento de 345.260 euros e tem um prazo de execução de seis meses.

Benjamim Pereira notou que, não obstante este trajeto ter obtido financiamento comunitário, sempre foi intenção do Município proceder à sua concretização atendendo à sua importância, e manifestou a expetativa de que os restantes municípios vejam também aprovadas as suas candidaturas.

Numa intervenção também marcada por críticas aos que apontam o dedo à atuação do executivo municipal, Benjamim Pereira garantiu total empenho e determinação para prosseguir a desafiante tarefa de gerir os destinos do concelho, num dos “piores momentos para ser autarca em Portugal”.

Benjamim Pereira terminou a sua intervenção comagradecimentos, nomeadamente ao Ministro do Ambiente, Matos Fernandes, “por ter induzido uma nova dinâmica na aplicação dos fundos comunitários”, ao Presidente da Águas do Norte, Eduardo Gomes, pelos investimentos levados a cabo em Esposende, nomeadamente no tratamento de efluentes, e ao Presidente da Polis Litoral Norte, Pimenta Machado, por todos os investimentos levados a cabo pela Agência Portuguesa do Ambiente e pela Polis Litoral Norte. Benjamim Pereira agradeceu, também, à estrutura Executiva e técnicos da CIM Cávado, bem como aos técnicos do Município envolvidos no projecto da ecovia do Cávado Homem, e, ainda, ao Presidente da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Fonte Boa e Rio Tinto, Carlos Escrivães, “parceiro imprescindível neste projecto”.

Luís Macedo, Secretário Executivo da CIM Cávado, felicitou o Município de Esposende pelo facto de sempre ter acreditado neste projecto e ter dado os passos certos em devido tempo. Considerou que o lançamento do troço de Esposende representa, simbolicamente, o início do processo e um exemplo para todos os que têm dúvidas sobre a viabilidade do projeto. Aludindo à complexidade do processo, Luís Macedo reconheceu que não foi fácil alcançar unidade, garantindo, contudo, que todos os municípios estão agora em sintonia. “Este projecto parecia uma utopia, mas vai ser uma realidade”, afirmou, enaltecendo a mais-valia da Ecovia do Cávado Homem aos mais variados níves.

Visivelmente satisfeito, o Presidente da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Fonte Boa e Rio Tinto, Carlos Escrivães, afirmou que a Ecovia “é uma mais-valia e um sonho enorme” não só para Fonte Boa e para Esposende, como para os restantes municípios atravessados por este circuito. O Autarca agradeceu, por isso, “a persistência” do Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, e o empenho do Secretário Executivo da CIM Cávado, Luís Macedo, com vista à sua concretização.”

fonte  |  Jornal O Minho

2 thoughts on ““Arranca ecovia que vai ligar Esposende, Barcelos, Braga, Vila Verde, Amares e Terras de Bouro”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s