Caminho Inglês – Sigueiro / Santiago – 16Km

Caminho de Santiago

Ao contrário dos restantes dias, hoje o céu acordou pintado de cinzento! Também nós acordamos assim meios cinzentos… Saudades do que ainda não acabou. 

A noite foi muito bem dormida e depois de um bom pequeno almoço, tomado no albergue, saímos… 

18194041_10210850209924157_5189653100438544988_n

A etapa de hoje é curta e sem dificuldades de registo. 

Entramos no caminho, junto ao albergue, percorrendo a cidade até à Avenida de Compostela, seguimos à esquerda até passar a ponte, de origem medieval, sobre o rio Tambre, seguimos novamente à esquerda em direcção à igreja de San Andrés de Barciela.

18121698_10210824829729668_8322017087834193390_o

Prosseguimos em sentido ascendente por um caminho de terra ladeado de vegetação.

Os nossos companheiros de caminho saíram cedo, tal como nos restantes dias, mas não tão cedo que não fosse possível um abraço… Hoje, voltamos a contar com a companhia do Hector ao longo da etapa e os três quebramos o silêncio por onde íamos passando.

18193439_10210824901451461_7955907774204521878_o

Passagem junto à ermida de Nuestra Señora de Agualada. 

18192343_10210824835209805_8763889164997134048_o

Apresentação1

Hoje o caminho percorre, muitas vezes, paralelo a estradas com bastante tráfego, a paisagem alterna como do “inferno” para o “céu”!!!

18156219_10210824819769419_2280028965667580253_o18156071_10210824911051701_7634453610016604385_o

A cidade aproxima-se a cada passo. Quanto mais perto chegamos, menos vão sendo as setas e as conchas. Quanto mais perto chegamos, mais forte bate o coração. Quanto mais perto chegamos, usamos os pináculos da catedral como guia.

18209265_10210824822329483_1091523861883134687_o

Entramos na Praça do Obradoiro, lado a lado, chegamos ao fim de mais uma etapa. Juntamo-nos a tantos outros que, como nós, enchiam o rosto de sorrisos. Tiramos as fotos da praxe e seguimos para recolher a compostela.

18121566_10210824909371659_1669559618293454783_o

Com uma fila interminável e com a hora da missa a aproximar-se Héctor partiu para a catedral, nós continuamos ali, pois saíamos quase de seguida para casa. Despedimo-nos com um até já… sem saber se o encontrariamos.

Partimos para a catedral depois de obtida a credencial, uma, duas, três voltas e nada do nosso amigo, nada dos nossos amigos. Regressamos para apanhar as mochilas. À saída da oficina do peregrino, Erik e Peter, aparecem… sempre com um sorriso contagiante. Um abraço selou a despedida. 

Seguimos um pouco tristes por não poder dar um último abraço aos restantes, em especial, ao nosso maior companheiro destes dias! Rasgamos a praça novamente enquanto do céu caiam uns finos pingos de chuva… talvez uma purificação da alma.

Terminada a parede da catedral, já sem expectativas de o encontrar, olhamos em simultâneo para a rua de Fonseca… e ao fundo… lá vinha ele.

Entretanto, do lado oposto, chega Pat… de quem também nos despedimos.

Como é mágico este caminho!!!

18192425_10210824827649616_3396306540116074939_o

Um último abraço e de coração cheio seguimos pelas ruas de Santiago em direcção a casa…

Obrigado a todos que partilharam a estrada connosco, obrigado a todos que ajudaram a que o caminho fosse mais “leve” e mágico. Obrigado a si que leu estes textos que não são mais que um testemunho na expectativa de poder ajudar a quem vai ou a impulsionar a quem quer ir.

Não foi o fim do caminho, pois esse, nunca acaba!

Anúncios

11 thoughts on “Caminho Inglês – Sigueiro / Santiago – 16Km

  1. Partilhar os caminhos dos outros, mesmo que seja através de um écran do computador é sempre uma aprendizagem. Ficamos à espera de novas descobertas e de novos trilhos!

  2. Obrigado pela bela prosa. O detalhe descritivo é excelente e senti-me transportado para o Caminho Inglês que fiz há 3 anos. Fiquei com vontade de voltar. Mas este ano está reservada a variante espiritual do Caminho Português. Um abraço e quem sabe um dia nos encontremos por esses caminhos. Até lá… Buen Camiño!
    Ricardo.

  3. Obrigado Ricardo pelo comentário… A variante espiritual está na minha lista também… e é como dizes… um dia ainda nos cruzamos nos caminhos​ do Caminho.

  4. Excelente reportagem Nelson! Mais um “marco” atingido e vencido. São estas experiências que realmente valem a pena e ficam na memória para sempre,
    a pedir uma nova aventura! Abraço.

  5. Sem dúvida alguma Paulo… já a magicar um novo percurso! Mas agora quero dar descanso às sapatilhas por uns tempos e começar a programar umas voltinhas turisticas e gastronómicas com a Dona Isaura. A meteorologia está propicia, falta o tempo… mas raisparta tenho de arranjar. Queria ver se começava já na próxima sexta, numa estreia na Massa Critica!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s