Corredor Verde da Ribeira do Espírito Santo – Arcozelo

Aproveitamos uma manhã soalheira para ir descobrir o Corredor Verde da Ribeira do Espírito Santo também conhecido por Passadiços de Arcozelo.

Um percurso linear de aproximadamente 2.5 Km, com inicio ou fim junto à Capela do Senhor da Pedra, Praia de Miramar, onde desagua a ribeira do Espírito Santo e fim ou início junto do Jardim de Santa Maria Adelaide, em Arcozelo. O percurso é de grau de dificuldade fácil. Para quem desejar deixo o track do percurso, aqui.

Esta icónica ermida da região norte de Portugal foi erguida sobre um rochedo junto ao mar no ano de 1686. Acredita-se que a origem do culto na Capela do Senhor da Pedra possa ter origem em um antigo culto pagão, de carácter naturalista, dos povos pré-cristãos, cujas divindades eram veneradas em plena natureza, tendo posteriormente sido convertido ao cristianismo.

Junto ao campo de golfe de Miramar, abandonamos a beira mar e fletimos para o interior do território. Este percursos pode ser uma excelente alternativa para os dias ventosos junto à marginal, uma vez que, segue sempre amparado por muros ou pela vegetação que se estende ao longo do percurso.

Após a passagem sob a linha férrea o cenário muda completamente, da cidade ao campo foi um instante… agora o percurso segue paralelo à linha de água protegido pela frondosa galeria ripícola.

Como o percurso é curto, rápido chegamos ao parque de estacionamento do Jardim de Santa Maria Adelaide. Era tempo de dar meia volta e regressar ao ponto de início aproveitando a boleia da força da corrente. A requalificação e reabilitação da Ribeira do Espírito Santo possibilitou devolver à comunidade este bonito percurso urbano.

Durante muitos anos passamos, vezes sem conta, próximo deste percurso sem conhecimento da sua existência!!! Depois de o percorrer posso dizer que foi uma agradável surpresa. Se não o conhece está na hora de sair à descoberta. Boas Caminhadas.

6 opiniões sobre “Corredor Verde da Ribeira do Espírito Santo – Arcozelo

  1. Os locais são sinónimo de belas paisagens e ótima gastronomia. Fico a aguardar o relato e as fotos desses percursos.

  2. Obrigado, Fernanda. Estou como você… tantas vezes passo junto à orla costeira, a pé ou de bicicleta, e não imaginava a existência deste percurso!!! Boa semana.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s