Uma bicicleta que podia ser minha

ZOOM

weaver-cycle-works-jersey-devil-gravel-bike_theradavist_1

fonte  |  hopecyclary

Anúncios

Fotos & Factos

ZOOM

26073670_180836772663839_2393006080541065216_n

foto  |  nelson branco

Igreja Matriz de Campo – Valongo

“Iniciada a sua construção já no século XX teve sagração em 1910. De arquitetura neoclássica integra elementos da antiga igreja que existiu no mesmo local. Do seu interior faz parte o mais rico conjunto de imaginária barroca do concelho de Valongo. Destacam-se os altares em talha dourada e imagens de santos de grande importância dada a sua antiguidade. De destacar também o teto da capela-mor com caixotões historiados com Mistérios do Rosário e cenas da vida do seu padroeiro, S. Martinho. As paredes interiores da capela-mor possuem painéis azulejares e o corpo da igreja possui paredes e teto pintados. Numa das sacristias encontram-se azulejos figurativos do séc. XVIII, dispostos aleatoriamente mas que deixam antever a relação com a vida de S. Jerónimo. O corpo da igreja possui planta retangular de uma só nave e tem torre sineira. A frontaria é revestida a azulejo branco com ornamentação figurativa azul com motivos religiosos. Arquitetonicamente inspira-se na igreja matriz de Valongo e esta por sua vez na igreja da Lapa, Porto. Nas imediações do templo encontramos cruzeiro, casa paroquial, centro social e paroquial, assim como a quinta fronteira, Quinta do Visconde, implantada em terrenos do antigo passal e agora pertencente à paróquia.”

fonte  |  cmvalongo

Fotos & Factos

ZOOM

25010433_2000821000191020_8908748897690583040_n

foto  |  nelson branco

Mosteiro da Serra do Pilar – Vila Nova de Gaia

“O Mosteiro da Serra do Pilar foi criado após a reforma da Ordem dos Agostinianos, quando os monges do mosteiro de Grijó foram transferidos para a nova localização. Inicia-se em 1537 a construção deste novo mosteiro, que apresenta planta composta pela igreja, de planta circular, da capela-mor, de planta retangular, e do claustro, também de planta circular, todos dispostos sequencialmente. É considerado um dos mais notáveis edifícios da arquitectura clássica europeia devido à igreja e claustro circulares. Em 1809 o espaço do mosteiro foi ocupado pelas tropas de Wellington, quando foi planeado o ataque do exército português à cidade do Porto, então ocupada pelas tropas de Napoleão. Durante o século XX, o mosteiro foi objeto de diversas campanhas de obras de conservação e restauro e está abrangido pelo Centro Histórico do Porto, inscrito pela Unesco na Lista do Património Mundial. Aqui funciona atualmente o espaço de divulgação “Património a Norte” e é um dos melhores miradouros para o rio Douro e zonas históricas do Porto e Vila Nova de Gaia.”

fonte  |  culturanorte.pt