PR1 – Caminho do Prado – Cinfães

Caminhadas

Depois de um cozido à portuguesa caminhar… não é fácil!!!

Mas lá seguimos pelas estradas de curva e contracurva até ao Largo da Nogueira, em Vila de Muros, Cinfães, onde se inicia este PR1 – Caminho do Prado, para cumprir com o planeado.

Um percurso circular com aproximadamente 7 Km que se desenvolve ao longo das margens do Rio Bestança, com passagem pelas localidades de Vila de Muros, Covelas e Vale Verde, com um grau de dificuldade moderado, face aos acentuados descendentes e ascendentes, mas sobretudo, face às características do piso que em dias de chuva obrigam a cautela redobrada.

16832400_10210258920942302_6550622920621297682_n

Depois do tiro de partida, a primeira centena de metros é feita pela estrada até encontrar a indicação que nos encaminha para a Ponte de Covelas, mas até lá chegar há que descer o acentuado caminho.

16832271_10210258920022279_2632279511960729719_n16831880_10210258919102256_7389961133202240020_n

Um cenário deslumbrante ao longo da calçada, o musgo que cobre as pedras que ladeiam o caminho, a folhagem que reveste o chão, o teto formado pela copa das árvores dão ao percurso um ar de fábula… torna-o, por isso, fabulástico!

16864936_10210258923862375_6261288262216616116_n16864051_10210258922542342_1528482061396753871_n16681682_10210258925262410_7909635335599873403_n16864831_10210258923422364_7336475261085168749_n

Junto às linhas de água observam-se uma grande multiplicidade de árvores, nomeadamente, carvalhos e castanheiros.

A ponte de Covelas, de estilo barroco, permite o atravessando o rio Bestança para a margem direita que nos irá levar, através de uma subida acentuada, até à aldeia de Covelas.

Na sua arquitetura destaca-se o tabuleiro em cavalete assente num único arco e o medalhão no centro da estrutura. Construída no ano de 1762 a mando do padre Diogo de Sequeira e Vasconcelos, durante muitos anos a Ponte de Covelas foi um importante ponto de passagem das populações do vale do Bestança, principalmente entre Tendais e Porto Antigo.

16831865_10210258923822374_1235979790236174322_n16832127_10210258926382438_1573015642692661599_n16649009_10210258925222409_8273620664523928179_n

Terminada a subida, o percurso mantêm-se quase sempre à mesma cota ao longo de uma caminho agrícola, à medida que nos vamos afastando do nucleo habitacional o caminho vai perdendo o rigor e voltamos a entrar em zona em que a paisagem volta a “mandar”… em alguns pontos toma conta das habitações abandonadas no tempo.

16649431_10210258919862275_4064498758390480146_n16864362_10210258921222309_6817832766419930283_n16830952_10210258925862425_554168933547793617_n

Neste ponto do percurso convergem dois trilhos, nós, seguimos no sentido descendente através de uma calçada estreita e irregular até uma ponte de tijolos e cimento que nos fará cruzar, novamente, o rio para uma zona conhecida por Prado.

16864947_10210258924662395_3933667665844564812_n16864698_10210258918302236_8553775754722584311_n16807666_10210258919902276_7866855632844828495_n16831915_10210258918982253_2582831456835311859_n

Depois da terra batida entramos novamente numa calçada antiga e novamente no sentido ascendente, desta feita, com uma inclinação bastante ligeira… Vale Verde fica logo ali ao cimo.

16681574_10210258922382338_9164033091601534847_n16832047_10210258922582343_7749347873969739930_n16807354_10210258918222234_8890588937265526855_n

Depois de ultrapassado este lugar, o trilho continua por asfalto até Vila de Muros…

16807240_10210258918262235_5629739497699784741_n

O percurso pedestre PR1 – Caminho do Prado, atravessa frondosos carvalhais, prados, ribeiros, fragas e outras belezas deste vale encantado, encontra-se muito bem marcado e é seguramente mais um bom motivo para visitar e descobrir Cinfães.

Foi um dia bem preenchido para os sentidos… era hora de rumar à nossa “cabana” para um merecido descanso, pois, um novo trilho aguardava por nós no dia seguinte… mas isso é uma outra história, um novo post… 

Panfleto dos percursos disponíveis em Cinfães aqui.

 

Anúncios

5 thoughts on “PR1 – Caminho do Prado – Cinfães

  1. Passear por tão idílicas paisagens, admirando o panorama de barriga cheia é ainda melhor. Grato por ires partilhando estes maravilhosas e recônditas preciosidades.

  2. Obrigado Paulo pelo comentário… São locais de facto fascinantes para percorrer a pé ou de bicicleta já que as estradas que os atravessam são igualmente magníficas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s